Cuidado para não cometer esses 10 erros quando for decorar o quarto do seu bebê

Os pais de primeira viagem costumam cometer muitos erros na hora de preparar o quarto do bebê. Sabemos que no meio a tantos exames, consultas, compra do enxoval, preparação do chá de bebê, etc. a rotina é corrida.

Um quarto de bebê mal planejado pode acabar com o ambiente e com a alegria da preparação. Além de todas as outras preocupações nessa época linda, os pais também precisam se preocupar com a decoração do quarto, deixando-o funcional, prático e seguro.

Pensando em ajudar você a evitar esses erros, e a se planejar corretamente, preparei esse artigo. Você vai conferir várias dicas para se preparar para esse momento, saber quais são os principais erros normalmente cometidos e como evitá-los. Vamos lá?

Erro 1: não se organizar com o tempo e o orçamento

Se você deixar tudo para última hora, não vai sobrar tempo para se planejar bem. É preciso que você organize tudo com cuidado para não acabar gastando mais que o necessário e para que fique tudo pronto antes do bebê nascer. Então planeje todos os detalhes, os gastos e faça um orçamento.

Fonte: Blog da Daiane

Afinal, você não vai querer deixar tudo para quando a barriga estiver enorme, não é mesmo? O ideal é começar a organizar todos os detalhes no primeiro e segundo trimestre de gravidez, conforme pode verificar neste infográfico. Assim você não vai se cansar quando começar a pesquisar todos os detalhes.

Erro 2: a mãe fazer tudo sozinha

O segundo grande erro é quando você mamãe quer fazer tudo por conta própria. O ideal é pedir ajuda para o papai, para a família ou para outras mães que já passaram por isso, para que você não se sobrecarregue. São necessárias muitas decisões, muitas coisas para comprar e resolver. Então sempre é bom consultar uma segunda opinião para que as definições sejam mais assertivas.

Além disso, há muitos arquitetos e lojas especializadas que oferecem uma consultoria e podem ajudar a decorar o quarto do seu filho.

Mesmo que você não queira fazer um projeto profissional, vale a pena conversar com essas pessoas. Assim você terá uma ideia de como fazer para decorar o quarto de forma a ficar tudo adequado e confortável.

Na loja online da Persianet, ajudamos as mamães de todo o Brasil, através dos canais de atendimento (principalmente pelo whatsapp) com qualquer dúvida relacionada à escolha da melhor persiana para o quartinho. Enviamos vídeos para definição da cor e tecido, bem como explicamos as vantagens e desvantagens das opções translúcidas e blackout.

E tenho certeza que outras lojas, como por exemplo de móveis, de iluminação, de itens decorativos oferecem essa mesma assessoria.

Erro 3: não pensar na distribuição do espaço

Antes de começar a comprar todos os móveis e artigos de decoração, pense na distribuição do espaço. Lembre-se: apesar de querer deixar o quarto com a sua cara, pense também nas necessidades do seu bebê.

Fonte: Decor Fácil

É importante que você pense em todas as áreas do quarto onde a criança possa descansar, trocar a fralda, brincar, ler, passar um tempo com os pais e etc.

Erro 4: abusar da cor e dos temas

Uma cor só pelo quarto inteiro cansa. Mesmo que seja uma criança, o ambiente não precisa ser totalmente colorido. O ideal é que você escolha tons neutros e equilibre a cor em pequenos detalhes para deixar o local harmonizado.

Você pode investir em móveis e pisos mais neutros. Para dar cor para o ambiente, aposte no enxoval, enfeites e brinquedos mais coloridos. Se precisar de ajuda, aqui você confere o significado de cada cor para o quarto do bebê. Assim você pode se inspirar e escolher a cor ideal.

Projeto: Alexandra Evjen

O mesmo vale para um quarto temático demais. No começo pode até ficar bonito, mas depois tanto você como o seu filho vão enjoar. Hoje o seu filho pode amar ursinhos, mas amanhã pode preferir o Homem Aranha.

Por isso, na hora da decoração, opte por temas neutros e coloque detalhes que agradem a criança, em quadrinhos, por exemplo. E quando ele for crescendo, será muito mais fácil trocar.

Erro 5: não planejar nichos e prateleiras

Invista em nichos e prateleiras para organizar o quarto. Eles são essenciais na otimização do espaço e podem surpreender tanto no visual, quanto na funcionalidade. Darão um toque especial ao ambiente.

Além de expor objetos que são utilizados com frequência, as prateleiras e nichos também evitam bagunças pelo cômodo, pois disponibilizam mais espaço para organizar os itens.

Você pode encontrar prateleiras em diversos materiais diferentes: madeira natural, MDF, vidro, aço, entre outros. Para manter o quarto organizado e em harmonia, invista nesses detalhes.

Erro 6: não pensar em um bom lugar para guardar os brinquedos

Provavelmente, antes mesmo de nascer o seu bebê terá vários brinquedos. Pense com antecedência em um cantinho para coloca-los. Se eles ficarem espalhados vão acabar atrapalhando. Lembre-se que tanto você como o seu filho precisam de espaço e conforto.

Projeto: Escritório Triptyque

Erro 7: deixar apenas uma luminária central como iluminação do quarto

O ideal é que você acrescente pontos de iluminação em todo o quarto. Escolha pontos estratégicos para colocar a luz onde o seu bebê vai descansar, onde você vai ficar, trocar as roupinhas e etc.

É preciso que você crie um ambiente agradável para os dois. Porém, cuidado: não coloque a luz muito forte diretamente voltada para o berço ou o trocador, por exemplo. Deixe tudo iluminado indiretamente ou através de luz difusa.

Erro 8: conflitos de estilos

Escolha apenas um estilo para o quarto do bebê. Lembre-se que o quarto é para uma criança. Caso você misture muitos estilos, ficará tudo muito confuso e desequilibrado. Nesse quesito, pense bem e siga a nossa dica do item 4.  

Projeto: Leclair Decor

Erro 9: não pensar na segurança no bebê

A segurança do bebê é fundamental. Não deixe nenhum móvel que possa ser usado como “escada” perto do berço. Cuidado também com os acessórios decorativos dentro do berço. Eles também podem servir de “trampolim” ou asfixiar o seu filho. Confira aqui mais detalhes sobre este assunto.

Erro 10: não pensar na praticidade da limpeza

O quarto precisa ser fácil de limpar. Posso te garantir, que depois do nascimento, você terá dias turbulentos, de muita dedicação e trabalho com seu bebê. Opte por pisos que sejam práticos de passar pano, tapetes menores e laváveis, bem como por persianas, ao invés de cortinas. As persianas não vão juntar muito pó e não causarão alergia no seu pequeno.

Projeto: Pura Arquitetura

Agora você sabe quais são os principais erros no projeto do quarto do bebê. Espero que o artigo tenha ajudado para que eles possam ser evitados. Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *